Quarta-Feira, 21 de Novembro de 2018  
Vai pegar a estrada no Natal ou no Ano Novo? Confira as condições do seu veículo
17/12/2017

Detran.SP terá expediente diferenciado no período; Motoristas devem se planejar com antecedência para regularizar documentação

As festas de fim de ano se aproximam e o Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran.SP) lembra os motoristas que forem pegar a estrada para fazerem a manutenção do veículo e regularizarem a documentação e a Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

O departamento de trânsito terá expediente diferenciado nas duas últimas semanas de 2017, por isso é bom se planejar com antecedência. Em todo o Estado, as unidades do Detran.SP seguirão o calendário abaixo. Postos que funcionam junto às prefeituras ou delegacias devem seguir o expediente desses órgãos.

 "Além de fazer uma revisão, conferir o estado e o funcionamento do veículo e a situação dos documentos, é imprescindível que o motorista esteja em plena condição para dirigir: descansado e com a atenção totalmente voltada para a direção. Ele deve deixar o celular de lado, não misturar bebida e direção, prestar atenção aos limites de velocidade e checar se todos os ocupantes, inclusive no banco de trás, estão com o cinto", ressalta Maxwell Vieira, diretor-presidente do Detran.SP.

Abaixo, o Detran.SP faz um checklist pra você não colocar a sua vida e a dos demais em risco e seguir viagem tranquilamente:

Licenciamento – é preciso estar com o licenciamento em dia para circular com o veículo. Do contrário, ele pode ser removido a um pátio, além de gerar multa e pontos na habilitação do proprietário. Em dezembro é a vez de licenciar veículos com placa terminada em 0, que estarão impedidos de trafegar a partir de 1º de janeiro sem o novo documento. Não precisa ir à unidade do Detran.SP ou imprimir boleto, basta pagar a taxa de R$ 85,24 da emissão mais R$ 11 do envio pelos Correios nos terminais eletrônicos das agências bancárias ou no internet banking por meio do número do Renavam.

CNH – a habilitação é documento de porte obrigatório, não pode ser substituída por nenhum outro, nem mesmo boletim de ocorrência em caso de furto ou roubo, e precisa estar dentro da validade ou, no máximo, vencida há 30 dias. Se precisar da 2ª via do documento, o pedido pode ser feito pelo portal www.detran.sp.gov.br ou pelo aplicativo do Detran.SP para smartphones e tablets.

Se beber, não dirija – dirigir após ingerir bebida alcoólica coloca em risco a vida não apenas do condutor, mas de todos à sua volta. Por isso, jamais dirija após beber nem permita que pessoas próximas tenham esse tipo de conduta.

Sono e direção não combinam – o descanso antes da viagem é fundamental para que o condutor faça uma viagem tranquila e segura, principalmente em passeios de longa distância. Uma noite bem dormida aumenta a atenção do motorista durante todo o trajeto. Se estiver com sono, durma e adie a saída.

Deixe o celular de lado – o uso de telefones celulares ou de dispositivos móveis de entretenimento pode resultar em acidentes de trânsito. Uma pequena distração já é o suficiente para provocar graves ocorrências. Mesmo durante paradas temporárias, como em pedágios, a utilização do celular, seja para ligações, para o envio e leitura de mensagens e ou para acesso a sites e redes sociais é proibida.

Cinto de segurança – deve ser utilizado por todos, motorista e passageiros, inclusive no banco de trás. Automóveis fabricados a partir de 1999 também precisam ter o acessório com três pontas para os passageiros do banco traseiro. Nos veículos mais antigos, é permitido o uso do cinto abdominal.

Pneus e estepe – é fundamental que eles estejam em boas condições de uso (nem lisos ou "carecas") e com a calibragem adequada de acordo com as especificações do fabricante. Atenção também ao pneu de reserva, que deve ser calibrado pelo menos a cada 30 dias, quando não utilizado.

Triângulo de sinalização, macaco e chave de roda – é preciso dispor desses três itens compatíveis com o peso e a carga do veículo. Em casos de pneu furado, a distância mínima para sinalizar a via com o triângulo é de no mínimo 30 metros a partir do veículo.

Espelhos retrovisores – tão importante quanto ser visto é ver. Por este motivo, ajuste sempre os seus retrovisores, inclusive o interno, antes de pegar a estrada e fique atento às áreas de não visibilidade do motorista – o famoso ponto-cego. Uma dica é sempre olhar mais de uma vez em cada espelho antes de fazer uma manobra ou ultrapassagem. O melhor ajuste é aquele que cobre a maior área ao redor do veículo na melhor posição para você. E nada de andar com o espelho do retrovisor danificado ou sujo.

Vidros embaçados – quando chove, é comum fechar os vidros e a tendência é o para-brisa embaçar e piorar a visibilidade. Se isso acontecer, basta acionar o botão do desembaçador, colocar a ventilação no máximo na direção do para-brisa e acionar a passagem de ar externo. O ar quente também serve para desembaçar.

Limpador de para-brisa – As palhetas são parte dos itens de segurança e fazem a diferença na hora da chuva. Palhetas ressecadas ou danificadas acabam não limpando corretamente o vidro, podendo até piorar a visibilidade. Então, fique de olho e troque o item sempre que necessário.

Farol baixo – o uso do farol baixo durante o dia nas rodovias é obrigatório para todos os veículos. A exigência de se manter a luz baixa acesa ocorre em outras duas situações: durante a noite e nos túneis com iluminação pública, em qualquer horário. Em túneis sem iluminação deve-se usar a luz alta. Como há rodovias que cortam o perímetro urbano, o motorista também deve utilizar os faróis nesses locais.

A relação de todos os equipamentos obrigatórios pode ser consultada na resolução 14/1998 do Conselho Nacional de Trânsito, que pode ser acessada nesta página: http://www.denatran.gov.br/index.php/resolucoes.

O Detran.SP é uma autarquia do Governo do Estado de São Paulo, vinculada à Secretaria de Planejamento e Gestão. Para obter mais informações sobre o papel do Detran.SP, clique neste link: http://bit.ly/2ptdw0r

INFORMAÇÕES AO CIDADÃO:

Portal – www.detran.sp.gov.br

Disque Detran.SP – Capital e municípios com DDD 11: 3322–3333. Demais localidades: 0300–101–3333. Atendimento: de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h, e aos sábados, das 7h às 13h.

Fale com o Detran.SP e Ouvidoria (críticas, elogios e sugestões) – Acesso pelo portal, na área de "Atendimento".

(Detran.SP)